21/06/2013

Estou parada olhando uma tela em branco a horas, tentando escrever algo mas nada me vem a cabeça, as palavras estão vazias, não tenho mais inspiração para escrever nem ao menos um verso. O dia me parece cinza, todos os dias tem sido iguais, é como se eu tivesse enterrado parte de mim, quando você partiu algo em mim morreu. Ainda sinto meu coração despedaçado dentro do peito, jamais achei que me sentiria assim, nunca me imaginei sentindo tanto a falta de alguém. Sua partida me roubou algo que só aparecia quando estava com você. Me perdoe se está sendo confuso, mas ainda não me adaptei com a desordem em meu coração, ainda não me acostumei com a falta que você me faz. Devo admitir que em partes do meu dia isso não me pesa tanto a mente, mais são momentos raros, porque quase tudo me faz lembrar você...